Renda Passiva, o que é, como funciona e como ter.

Você já ouviu falar de Renda Passiva? Mas, quase certeza que a ideia do que seja você já ouviu. Na realidade, quase certeza que você tenha vontade de viver disso, ainda que seja sem saber que esse é o nome.

Ganhar dinheiro sem trabalhar, sonho de grande parte dos brasileiros. Podendo acordar tarde, a hora que quiser, não ter hora para ir trabalhar, nem ter que prestar contas ao chefe. Vai dizer que você nunca sonhou com isso? Mas, que isso é possível, você sabia? Você sabia que é possível ganhar dinheiro sem “trabalhar”?

E você sabe como fazer isso acontecer na prática? É verdade que a internet é cheia de casos e histórias exageradas e que, muitas vezes, vemos como “histórias pra boi dormir”, afinal, nem todos somos Betina, com 22 anos e 1 milhão na conta.

Renda Passiva
Fonte: Imagem Internet

Mas, sim, é possível ter seu dinheiro “trabalhando pra você”, não é tão fácil, no sentido de que é necessário arriscar e sacrificar algumas coisas, mas, totalmente possível.

O que é?

Beleza, antes de falar como investir e como ficar “de boa” em casa, sem ter que acordar 5h da manhã pra pegar um ônibus cheio em direção ao seu trabalho, é importante saber exatamente o que é essa coisa de Renda Passiva.

ANÚNCIO

Renda passiva é, basicamente, ter seu dinheiro “trabalhando pra você”, isso é, gerar uma estrutura que produza dinheiro sem que você se envolva muito nem tenha muito esforço. Ter renda passiva é ter uma quantidade X de dinheiro a partir de algum investimento que você tenha feito.

Renda passiva não é o rendimento de uma herança, ou de alguma ação judicial que você ganhou. Não é uma quantia pontual, que você ganha uma única vez e pronto. Renda passiva é uma fonte de renda pré-determinada e por um período certo.

Planejamento

Tá, e ai, como ter isso? Como ter uma renda extra entrando na sua conta sem ter que trabalhar e sem ter que realizar muito esforço? Parece até utópico né? Mas, é a realidade. Contudo, para que isso aconteça de fato, a primeira coisa que você deve fazer é estabelecer um objetivo.

Planeje onde você quer chegar e tenha em mente que, possivelmente, para alcançar seu objetivo você terá que mudar algumas rotinas. Quanto mais alto você quer subir, maior o esforço subindo os degraus.

Sua renda passiva está diretamente ligada à quantidade de dinheiro que você aplica e investe, ou seja, sabe aquela blusinha em promoção, ou aquele lançamento do PS4 que você tanto estava esperando? Talvez seja melhor “sacrificar” esse desejo, para conseguir aplicar mais e ter um retorno maior.

Tenha em mente que não é um passe de mágica, no sentido de que acontecerá do dia para a noite, que amanhã mesmo você vai poder chegar no seu chefe e falar “eu não preciso disso aqui!”, infelizmente, não funciona assim. Faça um planejamento de longo prazo, entenda que pode levar alguns anos para alcançar o ponto que você deseja.

Como conseguir?

Deve estar ansioso para saber como e onde começar. Sabendo sua meta, será mais fácil estabelecer uma rota, segue três opções de investimentos que você pode achar interessante, mas, não são as únicas opções do mercado, são elas:

Investir em produtos financeiros: Uma das formas mais indicadas por especialistas, para garantir a renda passiva. Trata-se de contar com o suporte de gestores para alocar os recursos em produtos que ofereçam uma rentabilidade. O investimento inicial e os aportes, a quantidade de dinheiro que você vai acrescentando ao montante inicial, tendem a crescer com o tempo, por ser juros compostos (juros sobre juros).

Investir em ativos financeiros: Ativos financeiros são investimentos feitos no mercado financeiro, sem a necessidade de um gestor, é você mesmo realizando as transações, estabelecendo a estratégia de ação, verificando a hora certa de comprar, a hora de vender, como realizar essas transações e etc.

Você tem como algumas opções, a compra de títulos públicos que oferecem o pagamento de cupons e tendem a pagar excelentes dividendos, e ativos mais específicos, como Fundos de Investimento Imobiliário (FII), que pode oferecer isenção do Imposto de Renda.

Procure conhecer um pouco mais sobre títulos públicos e algumas empresas com um bom potencial e busque ter uma carteira de investimento bem diversificada. Quanto mais diversificada, melhor será pra você e menor será o risco.

Previdência complementar: A previdência complementar são depósitos mensais, seguindo o plano que você escolher, para ter uma renda mensal sem a necessidade de trabalhar mais para isso.

É similar a Previdência Social, só que não é obrigatória e nem possui uma idade mínima para ser resgatada. O ideal é pensar a longo prazo e escolher muito bem onde fará essa previdência e analisar bem o contrato feito.

Lembre-se do que foi dito antes, renda passiva não é um passe de mágica, demanda tempo, disciplina com os gastos e um planejamento. Quanto mais dinheiro aplicado você tiver, maior será seu retorno. Cabe a você escolher comer um marshmallow agora, ou dois, três daqui um tempo.

Uma ótima opção na hora de realizar seus investimentos é através do Banco Inter, com um layout simples e intuitivo, o Banco Inter é simples para investir, realiza um teste para analisar o seu perfil e destaca investimentos alinhados ao seu perfil, sem contar que não são cobradas taxas a mais pelo serviço.

ANÚNCIO