Ataque aéreo dos EUA na Síria mata 7 líderes da Al-Qaeda

ANÚNCIO
drone de ataque EUA
Foto: (reprodução/internet)

Acredita-se que um ataque aéreo dos Estados Unidos no noroeste da Síria tenha matado sete líderes de afiliados da Al Qaeda, disse um militar.

O ataque foi conduzido em 22 de outubro enquanto os supostos terroristas se reuniam perto da cidade de Idlib, disse a porta-voz, Maj. Beth Riordan, do Comando Central, à Associated Press.

ANÚNCIO

As sete pessoas mortas não foram identificadas, mas Riordan disse que ataques aéreos como esse causarão danos ao grupo terrorista enquanto tentam atacar americanos e aliados dos Estados Unidos em todo o mundo.

Na segunda-feira, autoridades do Afeganistão disseram que mataram um importante propagandista da Al-Qaeda que está na lista dos mais procurados do FBI.

Fique por dentro: Afeganistão afirma ter matado um líder da Al Qaeda procurado pelo FBI

Husam Abd al-Rauf teria sido morto em uma operação militar na parte oriental do Afeganistão, enquanto os EUA tentavam se retirar do país após anos de presença militar na região.

ANÚNCIO

Detalhes sobre a operação e a morte de al-Rauf permanecem obscuros na noite de segunda-feira.

A Al Qaeda não reconheceu imediatamente sua morte depois que o Diretório Nacional de Segurança do Afeganistão anunciou o assassinato em uma mensagem no Twitter.

Traduzido e adaptado por equipe Folha BR
Fonte: New York Post

ANÚNCIO