Potencial surto de COVID na sede da ONU em Nova York

ANÚNCIO

As reuniões presenciais foram canceladas na Sede da ONU na cidade de Nova York devido ao coronavírus, que teria estourado na Missão do Níger.

prédio da ONU
Foto: (reprodução/internet)

Volkan Bozkir, presidente da Assembleia Geral da ONU, escreveu uma carta a todos os estados membros na noite de segunda-feira, dizendo que a unidade médica da organização aconselhou o cancelamento de reuniões presenciais na sede na terça-feira.

ANÚNCIO

Veja também: Oficial dos EUA ameaça explodir qualquer míssil iraniano na Venezuela

Bozkir disse ter recebido informações do Secretariado da ONU de que houve cinco infecções por COVID em uma missão de um estado membro.

Ele acrescentou que as reuniões serão canceladas enquanto se aguardam os resultados do rastreamento dos contatos.

A carta, lida pela Newsweek, não especificava qual missão havia visto o surto, mas Pamela Falk, da CBS News, relatou que membros da Missão Níger foram infectados.

ANÚNCIO

A Newsweek entrou em contato com a ONU e a Missão do Níger para comentar.

Na carta, Bozkir escreveu que pelo menos cinco infecções foram relatadas em uma missão de um estado membro e que as reuniões presenciais seriam canceladas.

Ele escreveu: “Seguindo as informações do Secretariado sobre cinco infecções por COVID em uma missão de um Estado-Membro, o conselho da Unidade Médica é cancelar as reuniões presenciais na UNHQ amanhã, terça-feira, 27 de outubro, enquanto se aguarda o rastreamento do contato.”

Consequentemente, após consultar os Presidentes dos Comitês Principais e à luz da necessidade de salvaguardar a saúde pública, todas as reuniões presenciais dos Comitês Principais da Assembleia Geral de amanhã serão canceladas. Estou em contato com a Secretaria e fornecerei novas atualizações.

Qual é a programação de terça-feira

O dia 27 de outubro é o Dia Mundial do Patrimônio Audiovisual, informou a ONU em seu site .

Pela manhã, o Conselho de Segurança também deve realizar um briefing sobre o Oriente Médio, seguido por consultas sobre o Oriente Médio, com foco na Síria.

O Webinar sobre Avaliações Nacionais Voluntárias na Região Árabe também está marcado para começar na terça-feira.

Ao meio-dia, os porta-vozes do Secretário-Geral e do presidente da Assembleia Geral devem realizar uma coletiva de imprensa híbrida, transmitida ao vivo pela TV Web da ONU.

O conselho de segurança também deve realizar uma reunião privada com um briefing no Tribunal Internacional de Justiça na quarta-feira.

Não está claro como esses eventos podem ser afetados pelo surto relatado ou se membros da Missão do Níger podem ter entrado em contato com alguém na sede.

Leia também: NASA diz que há mais água na lua do que se pensava

Ela ocorre depois que a Assembleia Geral concluiu sua reunião de alto nível para comemorar o 75º aniversário da ONU na segunda-feira.

Vários estados membros, incluindo Timor-Leste, Costa do Marfim, Burkina Faso, Kuwait, Namíbia e Palestina, prestaram homenagem aos esforços humanitários e de manutenção da paz da organização que ajudaram a tirá-los do conflito.

A reunião contou com declarações pré-gravadas dos Ministros das Relações Exteriores devido às restrições da Assembleia em meio à pandemia COVID-19.

Traduzido e adaptado por equipe Folha BR
Fonte: Newsweek

ANÚNCIO