Projeto para usar cartão de crédito e débito como pagamento de passagem de ônibus em SP

De acordo com o InfoMoney, o projeto deve ser implantado no dia 7 de setembro, na cidade de São Paulo.

ANÚNCIO

Ônibus passarão a aceitar cartão de débito e crédito como pagamento em São Paulo, a Secretaria Municipal dos Transportes de São Paulo entrou em negociação com algumas bandeiras de cartões e outras empresas de pagamentos para solicitar a liberação do uso do cartão de débito e crédito como pagamento em ônibus. 

Projeto para usar cartão de crédito e débito como pagamento de passagem de ônibus em SP
Foto: (reprodução/internet)

A nova modalidade permitirá que o indivíduo não precise do bilhete único.

Algumas bandeiras envolvidas na negociação são: Elo, Mastercard, Visa, Cielo e Stone, as empresas foram solicitadas para prestar mais informações, porém apenas a Mastercard e a Visa se pronunciaram. 

O InfoMoney

O InfoMoney investigou detalhes do projeto, que ainda está sendo discutido, e, de acordo com autoridades, será implementado dia 7 de setembro. Entre os dias 16 e 22 de setembro ocorrerá a semana da mobilidade e os responsáveis pretendem lançar a nova modalidade nesta semana.

Uma fonte confiável confirmou que já foi realizada a primeira rodada de conversa e, ao longo desta semana, acontecerá outra, cujo objetivo é discutir as novas medidas tecnológicas, que deverão ser tomadas para que, finalmente, os avaliadores possam aceitar os cartões de débito/crédito como pagamento. 

Um dos maiores desafios será equipar os dispositivos para aceitar a tecnologia NFC, que todos os cartões de grandes emissores já possuem. 

Em uma entrevista a SPtrans disse que trabalha constantemente para que usuários do transporte público possam ter viagens com mais confiabilidade, acessibilidade e conforto, e também para melhorar a cobrança das tarifas e carregamento do bilhete único. 

Tecnologia no transporte público

Desde 2017 em Jundiaí, na cidade de São Paulo, existe um sistema de pagamento da tarifa dos ônibus com cartão de crédito. No Rio de Janeiro, o metrô já permite essa opção aos passageiros. 

A bandeira Visa opera cerca de 41 estações da capital desde abril deste ano. 

A responsável pela Mastercard concorda que a adoção desta tecnologia em grandes cidades será muito proveitosa, tanto para o cidadão, quanto para as empresas, pois aumentará o uso do cartão de crédito e/ou débito. 

O metrô ainda não está incluso 

A princípio o metrô não estará incluso no novo projeto e não há previsão da integração entre essa tecnologia, ou seja, os cartões de débito/crédito só poderão ser usados nos ônibus, as catracas do metrô não estarão liberadas para esta tecnologia. 

Em São Paulo há uma proposta que em até 3 horas é possível embarcar em até 4 viagens gratuitamente, após o pagamento da primeira passagem… na nova modalidade, este método não valerá mais. 

A modalidade, de início será mais conservadora, o cartão já possui todas as tecnologias necessárias do cartão de transporte, também para passes ao longo da semana. 

Para passageiros que forem usufruir de mais de uma condução diariamente, é recomendável que continuem com o bilhete único, pois economiza bastante dinheiro, enquanto não são criadas novas regras para a utilização do cartão de crédito/débito no transporte público.