Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, diz que não tomará a vacina COVID-19

O presidente brasileiro Jair Bolsonaro disse na quinta-feira que não tomará a vacina COVID-19.

Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, diz que não tomará a vacina COVID-19
Foto: (reprodução/internet)

Declarações de Bolsonaro

“Estou lhe dizendo, não vou aceitar. É meu direito, disse Bolsonaro em uma transmissão ao vivo transmitida em várias plataformas de mídia social.

Leia também: O CDC avisa que oito infecções COVID-19 são perdidas para cada uma contada

O líder de direita também disse que é improvável que o Congresso exija que os brasileiros sejam vacinados.

Bolsonaro, um fervoroso defensor do presidente Trump, minimizou repetidamente a gravidade da pandemia do coronavírus, embora tenha contraído o vírus durante o verão.

Ele caiu em perigo no início deste mês por usar uma calúnia homofóbica enquanto reclamava sobre o surto mortal em seu país.

Fique por dentro: O Exército de Israel se prepara para o caso de Trump queira atacar o Irã

Mas todos nós vamos morrer algum dia. Não adianta fugir da realidade. Temos que deixar de ser um país de maricas… Temos que enfrentar e lutar”, disse na época.

O Brasil tem o segundo maior número de mortes por coronavírus no mundo, atrás dos Estados Unidos.

Bolsonaro na quinta-feira também questionou a eficácia do uso de máscaras faciais para conter a disseminação do COVID-19.

Traduzido e adaptado por equipe Folha BR
Fonte: New York Post