O que o CDC recomenda que as pessoas façam em reuniões de fim de ano

ANÚNCIO

Os americanos que estão organizando reuniões durante a temporada de férias devem encorajar os convidados a não cantar enquanto estiverem dentro de casa e devem evitar que seus animais de estimação interajam com convidados de fora de sua casa, de acordo com a orientação dos Centros de Controle de Doenças.

O que o CDC recomenda que as pessoas façam em reuniões de fim de ano
Foto: (reprodução/internet)

CDC e suas recomendações

As recomendações foram incluídas em uma lista de diretrizes da agência para ajudar a interromper a disseminação do coronavírus quando uma segunda onda se espalhou como um incêndio em todos os EUA com a aproximação da temporada de férias.

ANÚNCIO

Leia também: O criador da vacina Pfizer diz que a vida pode voltar ao ‘normal’ no próximo inverno

“Incentive os hóspedes a evitarem cantar ou gritar, especialmente em ambientes fechados. Mantenha os níveis de música baixos para que as pessoas não precisem gritar ou falar alto para serem ouvidas”, escreveu o CDC em suas considerações sobre hospedar ou participar de uma reunião de feriado.

“Trate os animais de estimação como faria com outros membros da família humana – não deixe os animais de estimação interagirem com pessoas fora da casa”, acrescentaram.

ANÚNCIO

Veja também: Fauci diz que máscaras ainda serão necessárias mesmo com a vacina

Um pequeno número de casos em todo o mundo foi relatado em que animais de estimação contraíram o vírus que causa COVID-19 após terem contato próximo com pessoas infectadas, disse o CDC.

Embora o risco de os animais espalharem o vírus ser baixo, as pessoas ainda devem tomar precauções, incluindo isolar-se de animais de estimação caso eles adoeçam.

O CDC já havia sugerido que os americanos que estão oferecendo o jantar de Ação de Graças o façam do lado de fora, se possível.

Leia também: Pfizer início teste de entrega da vacina COVID-19 em quatro estados

Além de uma refeição ao ar livre, o CDC disse que os anfitriões devem limitar o número de convidados que convidam, conversar com os convidados antes de sua chegada sobre como planejam comemorar e limitar o número de pessoas nas áreas de preparação de alimentos.

Traduzido e adaptado por equipe Folha BR
Fonte: New York Post

ANÚNCIO