Jato da Marinha dos EUA cai no deserto da Califórnia; piloto ejeta com segurança

ANÚNCIO

Um caça a jato da Marinha dos EUA caiu no deserto da Califórnia na terça-feira – mas o piloto foi capaz de ejetar com segurança antes, de acordo com relatórios.

jato F18
Foto: (reprodução/internet)

O jato F/A-18E Super Hornet – que carregava “munições” não especificadas – caiu por volta das 10h10, espalhando destroços a cerca de 200 metros ao sul da rodovia 14, perto do aeroporto Inyokern, disse o Ridgecrest Daily Independent.

ANÚNCIO

A área fica a cerca de 110 milhas ao norte de Los Angeles.

Leia também: Presidente do Irã diz que nações muçulmanas devem se unir contra sanções ‘cruéis’ dos EUA

A Marinha atribuiu o incidente a “um acidente durante um vôo de treinamento de rotina no Vale Superior, ao sul da Estação de Armas Aéreas Navais China Lake“.

O piloto foi ejetado com segurança e foi levado a um centro médico local para exame”, de acordo com uma postagem no Facebook da Naval Air Station Lemoore, onde o jato estava baseado.

ANÚNCIO

O Corpo de Bombeiros do Condado de Kern extinguiu um pequeno incêndio causado pelo acidente, de acordo com o 23ABC News.

O NAS Lemoore está localizado a cerca de 130 milhas a noroeste do local do acidente.

Em junho, dois aviadores da estação aérea “Black Knights” do Strike Fighter Squadron 154 tiveram que se ejetar de um Super Hornet F / A-18F sobre o mar das Filipinas durante o treinamento de proficiência de piloto de rotina, enquanto designado para o porta-aviões USS Theodore Roosevelt.

Traduzido e adaptado por equipe Folha BR
Fontes: New York Post

ANÚNCIO