Finanças 2020 – Planeje-se e seja livre

Ano novo se iniciando e começa o desespero dos humanos adultos. Pois é, depois dos gastos das festas de fim de ano, é nítido que algumas pessoas estão tentando se programar para 2020 de uma forma que consiga agregar o bom desempenho das finanças e pagar as dívidas que ficaram para trás.  

Mas, para iniciar com todo vapor, é necessário deixar para trás os erros do passado e simplesmente, programar o futuro. Conhecer a própria vida econômica é o caminho inicial para evitar endividamentos, mas, anote e foque no futuro. 

Isso mesmo, os erros do passado devem servir como aprendizado. A maioria dos brasileiros não sabe o quanto ganha e o quanto gasta. É necessário entender isso para enxergar a vida financeira.

finanças
Foto: (reprodução/internet)

Dezembro é mês de festa, mas é também um período de muito cuidado com as finanças. Passada a ressaca das festividades, é preciso ter um orçamento adequado para conseguir arcar com as obrigações de todo início de ano: pagamento do IPTU, IPVA, licenciamentos, materiais e matrículas escolares etc.

Para controlar melhor a sua vida financeira, siga algumas dicas para que assim, você possa fazer seu planejamento para 2020.

ANÚNCIO

Entenda seus gastos

Faça uma comparação entre a renda média e os gastos fixos mensais e veja qual a capacidade de sobra dos seus rendimentos no final do mês. Gastos fixos são aqueles que você tem sempre.

Por exemplo: plano de saúde, escola, produtos médicos, supermercado, vestuário, prestações. Entenda quais são os seus gastos fixos e já deixe isso claro na sua renda média, pois assim, vai evitar a falta de pagamento dos mesmos.

Então, você evita comprar mais do que pode pagar, pois, ao traçar essas metas, é possível estabelecer o valor exato que você pode ter. Afinal, você vai evitar gastar o dinheiro do aluguel, por exemplo, ou o da escola das crianças. 

Faça um orçamento doméstico

Faça um orçamento doméstico: coloque no papel aquilo que recebe, aquilo que gasta e veja quais são os custos que pode reduzir. Quando você faz isso, você se policia.

Não tenha gastos acima de 90% do seu salário

Uma forma de ter controle sobre os gastos é não deixar as despesas do mês passarem de 90% do salário. Pense bem: ter pelo menos 10% da sua renda como reserva para imprevistos é muito importante. 

Muitas vezes, as pessoas vão além das suas capacidades no final do ano, pois é uma época em que se gasta muito. Então, começar o ano não deixando suas despesas acima de 90% do salário é necessário para alguma situação não planejada que possa aparecer.

finanças
Foto: (reprodução/internet)

Faça reservas para imprevistos

O problema não é gastar, é a qualidade do gasto, é o consumo por impulso, que, por falta de educação financeira, se torna um ciclo vicioso. Portanto, mantenha um dinheiro de reserva para imprevistos.

Se a pessoa contabiliza bem o 13º salário, esses recursos podem ajudar a iniciar o ano bem financeiramente, por exemplo. É muito importante manter uma reserva de emergência.

Aprenda a dizer ‘não’

O comportamento de uma pessoa tem influência direta em seu consumo. Por isso, é importante entender o relacionamento que você tem com o dinheiro, quais as dificuldades de dizer não quando pensar em comprar alguma coisa que não cabe no seu bolso.

Às vezes, as pessoas têm gatilhos que fazem com que a vida financeira saia do trilho durante o ano. Entender seu relacionamento com o dinheiro pode ajudar nos pequenos processos diários de tomada de decisão.

Projete objetivos

Faça projetos dos objetivos que quer alcançar em 2020 e avalie quais serão os custos para isso. Se você quer comprar um carro, fazer uma viagem, colocar seu filho em uma nova escola, deve então pensar em quanto vai gastar com isso e se preparar para não gastar o que não tem.

ANÚNCIO