FBI investigando Hunter Biden sobre alegações de lavagem de dinheiro

ANÚNCIO

O FBI teria investigado Hunter Biden e seus sócios por causa de alegações de lavagem de dinheiro desde 2019

Um funcionário do Departamento de Justiça confirmou a existência da investigação federal, que continua ativa, segundo o Sinclair Broadcast Group.

Enquanto isso, o ex-parceiro de negócios de Hunter Biden, Tony Bobulinski, disse à Sinclair Broadcasting que forneceu ao FBI evidências digitais de que indicou ligações com o ex-vice-presidente Joe Biden às negociações de seu filho no exterior.

ANÚNCIO

Bobulinski na semana passada apresentou suas afirmações de que Joe Biden tem mentido sobre seu envolvimento nos empreendimentos de negócios estrangeiros de Hunter Biden.

Durante uma coletiva de imprensa agendada às pressas antes do debate presidencial, Bobulinski mostrou aos repórteres três telefones que iam de 2015 a 2018, dizendo que eram evidências de que ele forneceria ao FBI.

hunter biden
Foto: (reprodução/internet)

O conteúdo desses telefones, disse Bobulinski na quinta-feira, foi revisado pelo FBI. Ele disse à Sinclair Broadcasting que o FBI o considera uma “testemunha material” e sua entrevista com eles “foi um mergulho profundo em todos os fatos”.

ANÚNCIO

Bobulinski disse que se encontrou com os federais em Washington por cerca de cinco horas e disse que espera se encontrar com eles novamente.

O veterano da Marinha dos EUA disse que foi apresentado ao ex-vice-presidente em 2017 por seu filho, Hunter Biden.

“Joe Biden não negou que se encontrou com Tony Bobulinski”, disse o porta-voz da campanha do presidente Trump, Tim Murtaugh, na noite de quinta-feira.

“Ele diz que Joe Biden está mentindo descaradamente quando Biden disse repetidamente que nunca falou com seus familiares sobre seus negócios no exterior”, disse Murtaugh.

Traduzido e adaptado por equipe Folha BR
Fonte: New York Post

ANÚNCIO