EUA dominam instituto russo para ataque a computadores

ANÚNCIO

Autoridades americanas impuseram sanções a um instituto de pesquisa apoiado pela Rússia que desenvolveu um sistema de computador capaz de realizar ataques e causar enormes danos industriais à distância.

ataque hacker
Foto: (reprodução/internet)

Funcionários do Tesouro afirmam que o Instituto Central de Pesquisa Científica do Instituto de Química e Mecânica – também conhecido por sua sigla russa, TsNIIKhM – construiu “ferramentas personalizadas que permitiram o ataque” em uma instalação petroquímica não identificada do Oriente Médio em 2017, informou a Reuters no sábado.

ANÚNCIO

Pesquisadores divulgaram o ataque em 2017

Ao contrário de hackear ou reter dados para resgate, o ataque pareceu desabilitar o sistema de segurança da fábrica, relatou a tomada.

Leia também: EUA e Rússia estão “muito próximos” de um acordo nuclear, disse o enviado de Trump

Os responsáveis ​​pelo malware verificaram pelo menos 20 concessionárias de energia elétrica nos EUA em busca de vulnerabilidades em potencial, disseram funcionários do Tesouro.

A Rússia acusou os funcionários do Tesouro de mentir e criticou as sanções.

ANÚNCIO

Enfatizamos mais uma vez a ilegitimidade de qualquer restrição unilateral”, disse Anatoly Antonov, embaixador da Rússia nos Estados Unidos, na mídia social. “A Rússia, ao contrário dos Estados Unidos, não conduz operações ofensivas no domínio cibernético.

Traduzido e adaptado por equipe Folha BR
Fonte: New York Post
ANÚNCIO