Carne cara – Entenda a crise e o aumento do preço

Todo mundo percebeu o aumento da carne no Brasil, isso trouxe uma grande revolta para a população. Mas, os consumidores não entenderam até agora os motivos pelos quais, a carne está com um valor tão alto.

ANÚNCIO

O consumidor que têm o hábito de fazer o churrasco aos fins de semana ou que não abre mão do bife no dia a dia já reparou está desesperado com o preço da carne, que está nas  alturas!

E a previsão não é boa: até o fim do ano, é difícil que a proteína animal fique mais barata. Entre os motivos, há fatores relativos ao mercado externo e ao interno. O motivo principal é a exportação para a China, que foi atingida peste africana.

carne
Foto (Reprodução da internet)

A peste africana é uma doença hemorrágica altamente contagiosa provocada por um vírus que só atinge porcos. Portanto, o Brasil exportou para a China. Atualmente, há 100 estabelecimentos processadores de proteína animal no Brasil autorizados a exportar para a China.

Mas, porque a carne aumentou no Brasil?

Com a exportação maior, o atacado brasileiro teve o aumento de 40% nos últimos dois meses . O quilo de alcatra e do contra-filé, por exemplo, que eram vendidos a R$ 16, subiram para R$ 27.

Os produtores preferem exportar carne para os chineses, pois eles pagam mais caro . Compram a carne de segunda, por exemplo, por R$ 24 o quilo, enquanto no Brasil se paga a metade desse valor.

Além disso, o período de estiagem, mais longo em 2019, deixou o pasto seco, fato que não engordou o gado e colocou ainda mais pressão no mercado. Afinal, sem gado, sem carne!

Calma, não se desespere

As grandes redes tem feito promoções e os consumidores que podem estudar ofertas conseguem manter o churrasco e a carne bovina dentro do seu cardápio.

O quilo do filé de frango terminou o mês de outubro cotado a R$ 14,36. O preço é o melhor dos últimos seis meses, mas é superior ao observado no início do ano.

Natal e pernil, será mesmo?

Está chegando uma alta temporada para o consumo de carne suína, pois é época da ceia de natal, onde os consumidores compram pernil para a festa tão esperada durante o ao todo.

O governo tentou conter os crescentes preços aumentando as importações. Mas, nesse ano não tem previsão alguma para a diminuição do valor da carne de porco ou de qualquer outra carne.

Faça substituições com soja!

Existem saídas, como, por exemplo, substituições com carne de soja! Ela é também conhecida como PTS proteína texturizada de soja ou PVT proteína vegetal de soja, tem se tornado uma nova opção no cardápio dos brasileiros.

Com preço acessível, fácil de encontrar e simples de preparar, ela é uma ótima opção para vegetarianos, veganos ou para pessoas que buscam variar a alimentação.

Benefícios

A carne de soja está repleta de nutrientes, como minerais e vitaminas, principalmente as do complexo B. Além disso, como o próprio nome já deixa bem claro, ela é rica em proteínas e possui menos calorias do que a maioria das carnes vermelhas.

Por isso, o resultado não poderia ser diferente: ela faz muito bem para a saúde. Alguns dos seus benefícios são:

  • auxilia a saúde dos músculos.
  • reduz os sintomas da menopausa.
  • ajuda a prevenir o câncer por ser antioxidante.
  • auxilia na perda de peso.
  • equilibra os níveis de colesterol no sangue, aumentando o “colesterol bom”.
  • protege os ossos.
  • diminui a pressão arterial.
  • ajuda nos processos digestivos.
  • reduz o risco de doenças cardiovasculares.

Ela é uma carne versátil, podendo ser preparada de inúmeras formas, além de saborosa, traz muitos benefícios para a saúde. Com ela, é possível preparar diversos pratos para o público vegetariano ou para aqueles que buscam incluir opções mais saudáveis na alimentação.

Já no caso atual da crise brasileira, é uma ótima opção para gastar pouco e comer bem, com o saborzinho da carne que tanto está fazendo falta.