Boris Johnson se auto-isolou após ser exposto ao COVID-19 novamente

ANÚNCIO

O primeiro-ministro britânico Boris Johnson está se isolando depois de entrar em contato com alguém infectado com COVID-19 – sete meses após sua luta com o vírus.

Boris Johnson se auto-isolou após ser exposto ao COVID-19 novamente
Foto: (reprodução/internet)

A quarentena de Johnson

O líder de 56 anos foi notificado no domingo por funcionários de saúde do governo de que foi exposto ao vírus e disse que entrará em quarentena em sua residência em Downing Street, relatou o Mirror.

ANÚNCIO

Veja também: Agentes do Serviço Secreto em isolamento devido a surto de COVID-19 na Casa Branca

“O primeiro-ministro foi hoje notificado pelo National Health Service Test and Trace de que é obrigado a isolar-se como contato de alguém com teste positivo para COVID-19”, disse seu gabinete.

Johnson não está apresentando nenhum sintoma, mas seu escritório disse que ele “seguirá as regras e se isola”.

ANÚNCIO

Ele participou de uma reunião na quinta-feira com membros do parlamento, incluindo Lee Anderson, um político do partido conservador que depois testou positivo para o vírus, relatou o Mirror.

Leia também: Obama diz a Trump para ‘colocar o país em primeiro lugar’ e conceder a eleição

O primeiro-ministro já adoeceu em março com o vírus, que o levou para a unidade de terapia intensiva.

Não está claro quanta imunidade alguém obtém após se recuperar da doença, mas os cientistas identificaram alguns casos de reinfecção.

Traduzido e adaptado por equipe Folha BR
Fonte: New York Post

ANÚNCIO