Biden contrata o conselheiro Ron Klain como chefe de gabinete da Casa Branca

ANÚNCIO

O presidente eleito Joe Biden escolheu seu conselheiro de longa data Ron Klain como seu novo chefe de gabinete da Casa Branca, disse a equipe de transição na quarta-feira.

Como membro-chave do novo governo, Klain ajudará Biden e a vice-presidente eleita Kamala Harris a formar uma equipe de assessores para sua presidência, disse o campo de Biden em um comunicado.

ANÚNCIO

Klain, que atuou como chefe de gabinete de Biden durante sua vice-presidência, ajudou a liderar a resposta do governo Obama ao surto de ebola e, segundo notícias, se interessou pela reação do governo à pandemia do coronavírus.

Leia também: Estudo revela os locais com maior risco de espalhar COVID-19

Biden elogiou o trabalho de Klain no governo Obama

“Ron foi inestimável para mim ao longo dos muitos anos em que trabalhamos juntos, inclusive enquanto resgatamos a economia americana de uma das piores recessões da nossa história em 2009 e depois superamos uma emergência assustadora de saúde pública em 2014”, disse Biden.

ANÚNCIO

“Sua profunda e variada experiência e capacidade de trabalhar com pessoas de todo o espectro político é exatamente o que eu preciso em um chefe de gabinete da Casa Branca enquanto enfrentamos este momento de crise e unimos nosso país novamente”, acrescentou.

Klain acrescentou no comunicado que foi a “honra de uma vida” receber o cargo.

Fique por dentro: Rússia quebra Acordo de Paz entre Armênia e Azerbaijão inundando o Cáucaso com tropas russas

“Estou ansioso para ajudá-lo e ao vice-presidente eleito a montar uma equipe talentosa e diversificada para trabalhar na Casa Branca, enquanto lidamos com sua ambiciosa agenda de mudança e buscamos curar as divisões em nosso país”, disse ele.

Biden contrata o conselheiro Ron Klain como chefe de gabinete da Casa Branca
Foto: (reprodução/internet)

O presidente eleito também pode nomear outros conselheiros importantes da Casa Branca no final desta semana, informou a CNN. Altos funcionários da campanha, incluindo a diretora de comunicações Kate Bedingfield e o conselheiro sênior Symone Sanders, podem ser os principais candidatos a cargos de alto escalão na administração, informou a NBC News no início desta semana.

Leia também: Hospital italiano lotado por COVID-19, oferece oxigênio para pessoas em carros

Biden disse que não nomeará as nomeações para o gabinete até depois do Dia de Ação de Graças e espera fazer isso no início de dezembro.

Na quarta-feira, o senador de Vermont Bernie Sanders disse na CNN que assumiria o cargo de secretário do Trabalho se lhe fosse oferecido o emprego.

“Se eu tivesse um portfólio que me permitisse me levantar e lutar pelas famílias trabalhadoras, eu o faria? sim, gostaria”, disse Sanders.

Traduzido e adaptado por equipe Folha BR
Fonte: New York Post

ANÚNCIO