Bandidos invadem Criciúma em assalto a banco, deixam rua cheia de dinheiro

Uma gangue fortemente armada ocupou uma cidade do sul do Brasil durante a noite – fazendo reféns, atirando em duas pessoas, roubando um banco e deixando uma rua cheia de dinheiro, de acordo com relatórios.

Bandidos invadem Criciúma em assalto a banco, deixam rua cheia de dinheiro
Foto: (reprodução/internet)

Assalto a banco deixa ruas cheias de dinheiro

Leia também: Outro monólito misterioso aparece na Romênia

Cerca de 30 suspeitos encapuzados desceram às ruas de Criciúma, no estado de Santa Catarina, em 10 carros, pouco antes da meia-noite, em uma invasão que durou cerca de duas horas, informou a Globo News.

O prefeito da cidade, Clésio Salvaro, disse aos jornalistas que os “bandidos” haviam saqueado três ou quatro lugares – incluindo uma agência do Banco do Brasil.

Várias pessoas foram feitas reféns e forçadas a bloquear as ruas para impedir a resposta das autoridades. Mais tarde, eles foram soltos sem ferimentos, de acordo com Salvaro.

Veja também: Família real da Suécia atingida com surto de COVID-19

Pelo menos duas pessoas foram baleadas e feridas, incluindo um policial e um guarda. O policial, que foi atingido no peito, foi listado em condição estável, informou a agência.

O vídeo postado no Twitter na terça-feira parece mostrar as ruas da cidade cheias de dinheiro – e os moradores correndo para pegar o máximo que puderem enquanto riem de espanto de sua descoberta.

Salvaro advertiu os 217 mil moradores de Criciúma para “ficarem em casa” na noite de segunda-feira, dizendo que a cidade havia sido alvo de um “grande assalto”.

Fique por dentro: Trump deseja a Biden uma rápida recuperação da fratura no pé

“Não tenho ideia de onde são, mas são especializados”, disse Salvaro. “Nunca experimentamos isso na história da cidade.”

Quatro pessoas que pegaram parte do dinheiro que sobrou – cerca de R$ 810.000 – foram presas por roubo, um repórter da Globo News tuitou na terça-feira.

A polícia também recuperou outros R$ 210.000 que haviam sido espalhados pelas ruas, informou a Globo News.

Veja também: Papa Francisco cancela a cerimônia pré-natal devido ao COVID-19

Os 10 carros usados ​​no ataque foram posteriormente apreendidos em um milharal em uma propriedade particular na vizinha Nova Veneza. O valor do dinheiro roubado durante o assalto ainda não havia sido calculado na madrugada desta terça-feira, informou a Globo News.

O banco estatal disse em um comunicado que permanecerá fechado, acrescentando que não fornece detalhes sobre os valores roubados durante um “ataque às suas instalações”, informou o banco.

Traduzido e adaptado por equipe Folha BR
Fonte: New York Post